Biografia do Regente

Walter-Michael Vollhardt iniciou sua carreira musical como violoncelista.

Premiado tres vezes no concurso „Jugend musiziert“ foi bolsista agraciado do “Stipendiat der Studienstiftung des Deutschen Volkes” e do ”DAAD”.

Durante seus estudos na Boston University ganhou o concurso „Concerto-Aria“ em Boston. Em seguida debutou na Boston Symphony Orchestra sob a regência de Arthur Fiedler.

Seguiram-se apresentaçoes como solista em várias orquestras, dentre elas a Radio-Sinfonieorchester Berlin, Orquestra Filarmônica Nacional da Checoslováquia, da Rumênia e do Brasil.

Recitais o levaram a vários países europeus, à Asia, aos Estados Unidos e ao Canadá, como também à America Latina, onde dá cursos com satisfação e muita dedicação.

A carreira de regente de Walter-Michael Vollhardt foi iniciada com a fundação da Orquestra do Conservatório de Hamburgo, onde ele era docente no início dos anos 80.

Seguiram-se as primeiras apresentaçoes como regente convidado de orquestras profissionais, como p. ex. “Forum Junger Komponisten” (regente: Isang Yun) e „Südwestfäliche Phlilharmonie“ com uma composição de Violeta Dinescu (WDR-gravação).

Logo que se transferiu para Freiburg regeu uma composição do israelita Noam Sheriff em primeira audição durante o “Bachfest” de 1986.

Neste concerto da temporada Albert-Konzerte Freiburg, onde se apresentaram os mais renomados celistas da categoria como Yo Yo Ma, Heinrich Schiff, Antônio Meneses, Boris Pergamentschikoff, Walter Despaj e David Geringas, Vollhardt se apresentou como regente com apenas uma hora de antecedência (SDR-gravação).

Em 1991 fundou a „Süddeutsche Sinfonietta“, realizando principalmente concertos programáticos/temáticos como Sibelius-Portrait, Reger-Portrait, etc.

Em 2002 passou a reger a Ortenau-Orchester Offenburg, que rege até hoje, onde apresenta um enorme repertório de música sinfônica – de Brahms a Bernstein, de Purcell a Pärt e de Weill a Williams – permitindo as mais diferenciadas formas de concertos.

O seu apaixonando engajamento para a formação de jovens músicos o levou ao Festival Internacionalde Música Collegium Musicum no Schloss Pommersfelden (Alemanha) como também ao Festival International de Música de Positano e Orvieto (Itália).

Regeu a Orquestra Jovem de Toronto durante a sua Europa-Tournee em 2007, num programa de intercâmbio com a Ortenau-Orchester Offenburg.

A convite do Deutsche Musikrat regeu a Orquestra Nacional da Nicarágua e a Orquestra Sinfônica da América Central no Festival de Música da América Central em Manágua.?Quando? Na oportunidade regeu em primeira audição a “Sinfonia de las Americas” de Carlos Ramirez Velazquez.

Há vários anos Walter-Michael Vollhardt é convidado regularmente ao Brasil, onde ele abriu no ano passado o Internationalle Cello Festival no Rio de Janeiro regendo Mozart com músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira.

Em fevereiro de 2007 regeu no National Center for the Performing Arts em Bombay o concerto do jubileu da Bombay Chamber Orchestra.

No verão de 2007 regeu a Orquestra do Festival de Música em Manágua (Nicarágua) com músicos das orquestras nacionais de Cuba, Costa Rica, Panamá e Nicarágua.

Em Agosto de 2009 regeu a Orquestra Sinfonica Vale Musica da Fundacao Amazonica de Musica em Belem e a Orquestra Filarmonica do Ceara no Theatro Jose Alencar em Fortaleza.

Menu
X